Porque investir em imóveis

porque investir em imóveis

Investir em imóveis é uma opção atrativa para quem busca segurança e estabilidade. Mas, mesmo considerado um investimento conservador no curto prazo, no médio e principalmente no longo prazo, o mercado imobiliário pode oferecer taxas de retorno bastante atrativas. Nesse artigo, vamos explicar porque investir em imóveis.

Imóveis são um investimento de baixa volatilidade

Investimentos de alta volatilidade são aqueles cujo preço pode variar muito dentro de um curto espaço de tempo. Em um prazo curto eles podem aumentar ou diminuir muito de valor, o que é muito mais arriscado para o investidor. Já os imóveis são um investimento de baixa volatilidade, cujo preço oscila pouco no curto prazo, e tende a aumentar no médio e longo prazos, especialmente se forem produtos bem desenvolvidos e em uma região valorizada.

Imóveis são os investimentos mais seguros

Terrenos, casas, apartamentos, prédios, como o próprio nome diz, são bens imóveis. Ao contrário de outros bens que podem ser muito valiosos, como joias, obras de arte, materiais preciosos, antiguidades ou mesmo dinheiro em espécie, em moeda brasileira ou estrangeira, ninguém pode simplesmente levar embora um imóvel.

Imóveis são ótimos investimentos para se formar patrimônio

Imóveis são bens de durabilidade muito longa. Pessoas que pensam formar patrimônio para a sua aposentadoria , ou para garantir o futuro de filhos e netos, tem nos imóveis uma opção segura. Desde que o imóvel mantenha a sua qualidade estrutural, e a região permaneça valorizada, o imóvel continua sendo um bem valioso.

Imóveis geram renda de aluguel

Um bom imóvel em uma região procurada, além de ser um patrimônio que valoriza com o tempo, pode gerar uma boa renda de aluguel, que você recebe sem ter que se desfazer do seu patrimônio. Um proprietário de imóveis alugados recolhe renda de cerca 1% ao mês na unidade locada, chegando a 13% ao ano.

Imóveis são um investimento previsível

Uma das vantagens de investir em imóveis é que o mercado imobiliário tem um comportamento mais previsível e relativamente fácil de entender, quando comparado a outros tipos de investimento, como Bolsa de Valores ou criptomoedas, por exemplo, que é definido pelas Leis da Oferta e da Procura.

Quanto mais uma região é procurada, mais as casas e apartamentos disponíveis nela são ocupados. E havendo menos unidades disponíveis, os preços sobem. Com o aumento dos preços, os terrenos disponíveis nela serão ocupados por novos empreendimentos, que gerarão novas unidades, que estabilizarão os preços. Mas quando elas forem ocupadas, e a região continuar desejada, os preços voltarão a subir.

O mesma lógica da escassez vale para os terrenos, que são um recurso finito. Os poucos que existem em uma área muito desejada, pela sua escassez são extremamente valorizados.

Assim, o mecanismo de mercado que explica a valorização de um imóvel é lógico, previsível, e facilmente compreensível. E não acontece de uma hora para outra, pegando o investidor de surpresa.

Imóveis permitem que você diversifique investimentos

Por todas essas características, o investimento em imóveis é uma excelente opção para quem quer diversificar investimentos com algo seguro e que não exija tanta atenção quanto, por exemplo, certos tipos de investimentos como Bolsa de Valores ou Bitcoin, que podem ser excelentes, mas exigem do investidor uma dedicação maior, que ele pode não ter se tiver que prestar atenção ao seu emprego ou seu próprio negócio.

Em um investimento em imóveis, supondo que você, por exemplo, compre um apartamento na planta, terá a preocupação de pagar as parcelas, e , quando você receber as chaves, revender com lucro, ou coloca-lo para locação, tarefas que você pode delegar a uma imobiliária gabaritada, que no caso da revenda, levará as propostas para você analisar, e no caso do aluguel, fará a administração para você, que só se preocupará em receber seu aluguel.

Qual o retorno do investimento em imóveis

O  retorno do investimento em imóveis para quem opta por alugar seu imóvel é em média de 1% ao mês, e na revenda é em torno de 15%. Dependendo do momento em que o imóvel é comprado e revendido, o retorno pode ser diferente.

É possível obter um retorno maior com imóveis?

Sim. Nesse caso, você deve prestar atenção em oportunidades para participar de um projeto de incorporação imobiliária desde sua concepção, onde você pode entrar em um grupo selecionado de investidores que tem acesso a condições especiais, e por isso mesmo, um retorno sobre o investimento em imóveis bem maior.