Parque Villa Lobos, um oásis de verde e cultura na Zona Oeste de São Paulo

Parque Villa Lobos, um oásis de verde e cultura na Zona Oeste de São Paulo

Quem passa pela Marginal Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, enxerga um verdadeiro oásis de verde e cultura, criado no Parque Villa Lobos, um dos mais modernos de São Paulo, e que foi projetado para que tudo o que existe nele tenha uma conexão com quem é homenageado batizando o parque: Heitor Villa Lobos, o maior maestro e compositor da música clássica brasileira.

Onde fica o Parque Villa Lobos

O Parque Villa Lobos fica na Avenida Professor Fonseca Rodrigues, S/N no bairro de Alto de Pinheiros e muito acessível para quem está nas regiões de Pinheiros e Vila Madalena, ou até para quem vem de outras regiões de São Paulo, que podem chegar facilmente até ele através da Avenida Marginal Pinheiros, uma das principais vias da capital paulista.

História do Parque

No lugar onde hoje fica o Parque Villa Lobos, antes havia uma área degradada. Então, em 1987, nas comemorações do centenário de Heitor Villa Lobos os Decretos Estaduais 28.335 e 28.336/88 destinaram a área à construção do parque, sendo que a remoção dos entulhos que estavam lá e a construção do parque começaram em 1989. A inauguração aconteceu em 1994.

Projeto arquitetônico

O parque, que tem uma área de 741 mil m², foi projetado pelo arquiteto Décio Tozzi, que, entrando no espirito de realmente homenagear o compositor de “As Bacchianas Brasileiras”, imaginou um parque ondem, além das áreas verdes e equipamentos destinados às práticas esportivas, haveria aqueles destinados ao conhecimento da música, entre outras formas de cultura.

O que tem no Parque Villa Lobos

Com muita área verde, o Parque Villa Lobos oferece aos seus visitantes um mix de atrações culturais e esportivas, para pessoas de todas as idades, sozinhas ou com suas famílias, que desejem, no mesmo passeio, exercitar o corpo e a mente, ou somente relaxar em uma área com muito verde. Lá você pode encontrar:

ciclovia,

playground, ilha musical para shows e concertos e bosque de Mata Atlântica.

aparelhos para ginástica,

pista de cooper,

tabelas de basquete,

3 quadras para futebol de salão,

7 quadras de tênis,

quadras poliesportivas,

4 campos de futebol,

2,4km de pistas para caminhadas,

3,5km de ciclovia.

anfiteatro aberto de 729 m², com 450 lugares,

sanitários adaptados para deficientes físicos,

Lanchonetes

750 vagas de estacionamento.

Além de todas essas atrações, existem pelo menos duas que merecem um destaque especial.

Biblioteca

A Biblioteca Parque Villa-Lobos foi inaugurada em 2014 e tem uma área de 4.000 m². Como em toda biblioteca, os visitantes podem retirar os livros  para ler em casa, mas o lugar é tão agradável que vale a pena ficar ali mesmo para apreciar bons momentos de leitura.

há um tapume redondo perto da entrada, envolto por uma bonita estrutura de madeira, onde se poder tirar os sapatos e se acomodar para apreciar seu livro, ou ainda, visitar o deque, na área externa, que tem um café e vista para o parque.

A entrada para a Biblioteca fica na Av. Queiroz Filho, 1205

Roda Rico

A Roda Gigante do Parque Villa-Lobos, como muitos chamam a atração, na verdade fica no Parque Cândido Portinari, que é ao lado do Villa Lobos, e se transformou em uma grande atração turística, não somente do parque, mas da cidade de São Paulo.

Conclusão

“O bairro de Alto de Pinheiros, e seus vizinhos, como Pinheiros e Vila Madalena, sempre foram localizações muito valorizadas em São Paulo, cada um com sua característica e um público-alvo que é “a cara” desses bairros, e os buscam para moradia”, explica Heitor Sanches Jr. CEO da Imóveis Prime e especialista no mercado imobiliário com mais de 20 anos de experiência.

Mas “quando o parque foi construído, o efeito positivo foi muito além de revitalizar uma área que estava degradada. Foi criado um equipamento público que fornece esporte, lazer e cultura para toda a cidade de São Paulo, de uma maneira inclusiva, além de tornar a região ainda mais atraente para quem quer morar ou investir”, finaliza Heitor!